sexta-feira, maio 25, 2007

Nas ruas de Kagurazaka

Em Kagurazaka viaja-se ao velho Japão em pleno coração de Tóquio. Este bairro é uma colina, mas se Tóquio tivesse baixa, seria aqui. O declive é a imagem de marca que faz deste local um ícone da capital.

Kagurazaka, a ladeira-do-deus-da-diversão, está repleta de ruínhas pedonais paradas no tempo. As casas tradicionais que circundam os quelhos são tratadas como bonsais, por onde deambulam em gordas boémias gatos sempre desconfiados.

Mantém a atmosfera tradicional, apesar das invasões francesas. Os expatriados francófonos escolheram este lugar para viver, presumo que pelo seu síndroma do orgulho. Não escolheram mal não senhor.

Até a banda sonora me reporta ao mundo encantado de Amélie Poulain, mas é na fábula de Kagurazaka que eu vivo acordado. Em miragens avisto guerreiros samurais, de kimono passam gueixas à minha frente... esfrego bem os olhos e apercebo-me que não é uma ilusão: nas tortuosas vielas de Kagurazaka ocultam-se as últimas gueixas da capital.

Viver é o que fazemos do nosso habitar: acordo bem-disposto com os ecos infantis que ultrapassam a janela do meu quartinho; com o circo das traquinices perante os meus olhos, tomo o pequeno-almoço; vou ao supermercado domingueiro, caminho a ladeira cima a baixo; atalho outra vez sob o candeeiro lunar, por entre ruas desertas em paz; de regresso a casa ouço o infalível Okaerinasai! de boas-vindas, que completa a viagem ao passado. A Srª e o Sr. Saito são os meus vizinhos e senhorios. Desconfio que este casal de idosa genica não sai de Kagurazaka há muito tempo. Para quê, habitam na nostalgia...

E eu, como posso sentir saudades de casa? Pois se a minha casa é aqui, na ladeira do deus da diversão.Fotografias, aqui.

2 Comments:

Anonymous Anónimo disse...

Que riso puto

Mas será que não consegues descrever as coisas como se de um brinquedo novo NÃO se tratasse??

Contagia por vezes essa felicidade. Cria inveja noutras, face à monotonia qb e habituação que se sente por cá

por vezes..

abraço
vAsco

27/5/07 1:16 da manhã  
Anonymous j. disse...

desesperadamente à procura de um motivo urgente que me desculpe uma pausa no trabalho, lembrei-me de um comentario feito na semana passada....«fui a um jantar com umas amigas da minha mae e o filho de uma delas, que está em tóquio, tem um blog..parecendo a desculpa perfeita, espreitei. Por um momento voei, lembrei do quanto gosto e tenho saudades d viajar...deu para relembrar os «cheiros» da asia...obrigada por este «bocadinho»

3/6/07 11:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home